A minha geração (que nasceu na década de 1970) foi criada com base em crenças como:

  • “você deve ter apenas uma carreira”
  • “para ter sucesso você precisa trabalhar a vida toda na mesma empresa”
  • “você tem 30 anos e ainda não sabe o que vai fazer da vida?”
  • “ah, essa carreira (insira aqui a que você quiser) não dá futuro. Vai fazer um curso normal”

Porém, nossos pais foram criados em uma era do pós-guerra, a geração baby-boomers, que precisava da sensação de segurança que carreiras lineares e bem estabelecidas ofereciam. Mas, de lá para cá, o mercado de trabalho mudou absurdamente. E muito rápido. E a última década foi ainda mais acelerada.

Novas profissões estão surgindo constantemente. Nós podemos criar nossa própria carreira! Somos provocados a estar em constante aprendizado para aproveitar melhor nossa capacidade intelectual e emocional, habilidades que são apenas nossa, dos seres humanos. O cenário dos anos 1970 não existe mais, há muito tempo.

Por isso, está tudo bem se você…

  • se formou em uma profissão e atuar em outra
  • tem mais de um trabalho
  • gosta de áreas diferentes
  • tem interesses por temas diversos
  • quer mudar de carreira (ou iniciar uma nova) aos 40, 50, 60 anos….
  • quer empreender em paralelo a sua carreira profissional

Não precisamos nos encaixar em padrões de 30, 40 anos atrás. Acredito que devemos olhar e reconhecer nossa trajetória de vida e criar o futuro que desejamos. Cada um de nós pode desenhar sua vida, sua carreira.