Um estudo da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, apontou que 85% do sucesso no local de trabalho – e aqui vale para quem está empregado em uma grande empresa, para quem é empreendedor, profissional liberal, autônomo, pois nos relacionamos com pessoas em qualquer atividade, cargo, função – é atribuído a habilidades interpessoais e apenas 15% a habilidades técnicas e conhecimento sobre a área de atuação.

Uma das habilidades desejadas para os profissionais que desejam manter-se no mercado de trabalho e se reinventar é a CRIATIVIDADE. Mas aí você está pensando que é criativo pelo simples fato de ser brasileiro. Mas, no caso das habilidades para o mercado de trabalho, a exigência é ir além dessa criatividade que conhecemos e que utilizamos diariamente para sobreviver.

Ser criativo é desenvolver a capacidade de conectar as informações que você não acredita que dariam match. Observe os novos produtos que chegam até nós cada vez mais frequente. Isso é praticar e exercitar a criatividade. Quando que imaginaríamos que, em 2007, um aparelho celular seria capaz de resolver toda a nossa vida com apenas alguns cliques? Ou que poderíamos comprar dezenas de centenas de livros e carregar todos ao mesmo tempo em um aparelho pouco maior que a palma da nossa mão. Ou ainda, que poderíamos nos locomover de um lado para outro na cidade com carros que não são táxis ou patinetes?

Ser criativo é pensar nos problemas que existem e quais são as soluções possíveis para resolvê-los. 

E você pode ser criativo sendo empresário, profissional liberal, autônomo, empreendedor. Exercitar a criatividade é olhar o que está acontecendo no mundo e pensar em melhorias, em novos produtos e serviços que poderão dar mais qualidade de vida às pessoas, ao meio ambiente, ao mundo que vivemos. E podem ser pequenas ou grandes soluções. Criatividade não tem tamanho.

Mesmo com toda a ascensão dos robôs e da inteligência artificial, as máquinas não têm a capacidade criativa que nós, seres humanos, temos. A criatividade já é uma ferramenta importante no mercado de trabalho de hoje. Mas nos próximos anos ela deverá se tornar uma habilidade imprescindível em toda carreira ou empresa.

Você tem estratégias para desenvolver a criatividade no seu dia a dia? Me conta quais são para trocarmos experiências!